Notícias

Hora da largada – Universíade 2015

A Universidade Paulista é destaque na 28º edição da Universíade 2015

26/10/2015 | por:


A cidade de Gwangju, na Coréia do sul, sediará de 3 a 14 de julho o segundo maior evento poliesportivo do mundo (atrás apenas das Olimpíadas)- a Universíade de 2015. A competição contará com cerca de 10 mil participantes de 170 países e a UNIP é um dos destaques, marcando presença com de 30 participantes, entre alunos/atletas e comissão técnica.

O Brasil participará das 21 modalidades que compõem a competição olímpica. Os Alunos da Universidade Paulista, além de se destacar no LDU de Lutas, quando garantiram sete vagas (seis no Judô e uma no Taekwondo) para as Olimpíadas Universitárias, conquistaram também o direito de participar nas modalidades de vôlei feminino, handebol feminino e masculino, basquete feminino e masculino, futebol e natação, tudo graças ao excelente desempenho nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) de 2014.   

Entre os atletas da UNIP que representarão o Brasil na 28ª Universíade está, Thiago Pelim, do Judô, que já participou da edição passada e está entre os oito melhores do mundo em sua categoria. Desta vez, em entrevista para o site da CBDU, o judoca diz embarcar para a Coreia do Sul em busca o ouro. “Me preparei bem. Competi em 2013, cheguei até as quartas de final, mas acredito que agora estou mais maduro, mais bem treinado. Vou buscar a vitória. Quero o lugar mais alto do pódio”, conta o atleta da categoria 60kg

Outros atletas que também já participaram de mundiais universitários, como Day Clarque, agora se dizem preparados para encarar mais este desafio. A atleta de handebol da UNIP comenta sobre a primeira participação da modalidade na Universíade. “Para mim é uma oportunidade única, porque é a primeira vez que o handebol entra na Universíade. Já havia participado por duas vezes do mundial de handebol universitário, do qual a seleção brasileira é a atual campeã. Então agora a intenção é trazer o título inédito para o nosso país, mesmo sabendo que não será fácil, pois outros países sabem da força do handebol feminino do Brasil diante das últimas conquistas e por isso devem vir preparados para encarar a nossa seleção”. 

APOIO

UNIP NDU Corinthians CBDU Rádio MIX ALFA Formaturas Esporte Clube Pinheiros Metroball São Bernardo do Campo Club Athletico Paulistano Osasco

Social: